weight loss

Fundamentos da perda de peso

Ana Armando

Autor: Gabriela Rosa (Nutricionista)

O processo de emagrecimento pode ser simples, se pensarmos como uma conta matemática, na qual devemos gastar mais calorias do que ingerimos, ou seja, manter um estado de déficit calórico. Mas existem muitos factores inter-relacionados com a perda de peso, são eles: a quantiade de alimentos ingeridos, composição da dieta, recursos econômicos, medicamentos, genética, microbiota intestinal, resistência à insulina, metabolismo (atividade física, efeito térmico dos alimentos, metabolismo basal), religião e cultura alimentar, idade e composição corporal .

Mas dentro do cálculo matemático, sabia que para perder 1kg de gordura é necessário ter um déficit calórico de 7700kcal? Este é justamente um dos motivos para a necessidade de que esse processo seja contínuo, com consistência, determinação e motivação, para que não haja danos para a saúde em geral: imunidade, pele, composição corporal, alimentação, humor e sangue parâmetros.

No livro escrito por Mann e colaboradores, chamado '' Dietas não são a resposta '', foram avaliados 31 estudos sobre os resultados a longo prazo de dietas com restrição calórica para perda de peso, que concluíram um padrão consistente de ganho de peso . Por outras palavras, esse comportamento restritivo causa o resultado oposto e indesejado. Portanto, seja cauteloso ao iniciar uma dieta que proíba mais alimentos do que o permitido, é um sinal de que algo não vai muito bem. Prefira o equilíbrio, para poder fazer escolhas e compensar dias de mais calorias realizando um balanço energético de déficit calórico diário ou semanal.

 

Mas então o que devemos comer no processo da perda de peso?

Algumas das necessidades nutricionais importantes nesta fase envolvem: adição de fontes de proteína em todas as refeições, consumo de fibras solúveis e insolúveis, menor ingestão de gorduras saturadas e trans, menor ingestão de açúcares, balanço energético negativo, priorização de alimentos que promovam a saciedade , evitando beber grandes quantidades de líquidos durante a refeição principal, substitua o excesso de farinha e alimentos refinados por frutas, grãos inteiros, incluindo carnes magras (ou proteínas vegan).

 

Quais são as necessidades do nosso corpo?

A distribuição aproximada dos principais contribuintes para o gasto energético diário de um adulto sedentário é a taxa metabólica basal (60-75%), atividade física (15-30%), o efeito térmico dos alimentos (7-13%) , outros (2-7%). Portanto, deve-se levar em consideração todos estes aspectos para uma boa evolução e proporcionar mudanças constantes para emagrecer.


Como a Nolita pode ajudá-lo neste processo?

Inclua a nossa Fibra ou Sweety em alguma receita, seja um lanche, pré ou pós-treino, sólido ou líquido ... Estes dois produtos são muito versáteis. O Sweety é um adoçante natural com zero açúcar e zero calorias, que pode usar no lugar do açúcar. A nossa fibra prebiótica possui 90% de fibra. Pode adicioná-la a qualquer refeição. Isto ajuda-o a sentir-se saciado por mais tempo.

Ambos os produtos evitam o desejo de comer um doce calórico, também os episódios de compulsão alimentar e picos de açúcar no sangue, não permitindo que a alta quantidade de insulina gere acúmulo de gordura corporal.

Público-alvo: atletas, pessoas sedentárias, pessoas obesas, indivíduos com IMC & gt; 30 kg / m². 

  


Foto: @wearhuha

Bibliografia:

Perda de peso: uma abordagem multidisciplinar. ISBN: 978-65-86098-24-2. Antonio Herbert Lancha Junior, Luciana Oquendo Pereira Lancha. 2020.

Medicare por tratamentos eficazes para a obesidade: as dietas não são a resposta. Maio de 2007. American Psychologist 62 (3): 220-33.

Voltar para o blogue