jornal publico nolita

Nolita: Açúcar? Nem pensar!

Ana Armando

Há alguns anos, Fernanda Vasconcelos decidiu mudar para uma alimentação mais saudável, mas deparou-se com um problema de que Catarina Borges Castro falava - a falta de sabor. "Então comecei a fazer o meu próprio pequeno almoço e lanches. Aos domingos eu acordava cedo e fazia granola, pão, biscoitos e bolachas", diz ela. Granola era a coisa mais bem sucedida entre aqueles que experimentavam as suas invenções culinária, então começou a perceber que, afinal, não era apenas uma necessidade dela.

Fernanda Vasconcelos trabalhava em marketing e sentia-se estagnada profissionalmente. Começou a pesquisar mais sobre a área de produção de alimentos e candidatou-se a um programa de incubação de start-ups. Em 2019, a Nolita foi uma das empresas selecionadas e Fernanda Vasconcelos deixou o emprego para se dedicar 100% ao projeto. "Percebi que as pessoas estão a tentar alimentar-se de forma mais saudável, mas não estão dispostas a fazer sacrifícios", observa a empresária.

Portanto, a conveniência é uma característica de todos os produtos da Nolita. As granolas, por exemplo, estão disponíveis em embalagens individuais para levar para o trabalho. Existem quatro sabores - Crunchy, Sporty, Nutty e Berry - feitos principalmente com "muitos frutos secos e sementes". São todos “sem glúten, orgânicos e sem adição de açúcar”, garante Fernanda Vasconcelos.

 


O adoçante utilizado é uma particularidade que distingue a marca. Em vez de usar mel ou açúcar de coco, a empresária usa um adoçante natural feito de milho fermentado. Este tipo de adoçante,  garante, dá sabor mas não adiciona calorias. Isto porque, na opinião de Fernanda, "as pessoas estão cansadas da promessa 'isso é saudável e é bom'. A verdade é que a alimentação saudável sempre faltou muito sabor.

Existe uma granola pensada para quem quer reduzir a quantidade de hidratos ingeridos, a Sporty, feita principalmente com sementes de abóbora, sementes de girassol, linhaça e amêndoas. A novidade da marca são as panquecas, que primam pela utilização da farinha de tremoço, rica em proteínas e fibras, sendo o cacau, claro, o sabor preferido dos mais novos.


Para já, o Nolita está disponível em algumas lojas biológicas, na loja online do Casal Mistério e numa plataforma própria.

Autor: Público (Alimentação)

Publicado em Outubro 22

Voltar para o blogue

Deixe um comentário